Arquivo da categoria ‘Considerações finais’

165072_458290520900418_184708794_n
“Acalme-se garota, por favor. Prometa pra mim que não vai chorar. Provavelmente agora você deve estar em casa, pensando em como tudo passou tão rápido e no porquê de vocês,  terem sido tão felizes juntos. e o seu “Para sempre” ter durado tão pouco…”
 
“Sabe, eu nunca pensei que fosse dizer isso, mas de todos os garotos em que conheci você foi o único que realmente conseguiu me provar que amar é muito mais do que dizer ”eu te amo”. Será que você entende o que isso significa? Significa que independente do que acontecer agora, eu te guardarei sempre comigo. Mesmo que lá na frente você se torne só uma boa lembrança de um amor efêmero.
 
Na verdade eu nunca desisti de nós. A verdade é que se agora eu estou aqui, é porque eu estou correndo atrás de tudo o que eu sempre desejei para mim. Enquanto embarco nesta nova viagem, penso em tudo o que aconteceu com a gente. Desde de como nos conhecemos até aquele momento mágico em que nos reencontramos e nos revelamos. É tão difícil, depois de tantos momentos bons, olhar para o lado e ver que você ficou para trás.
 
Não sei exatamente porquê estou escrevendo isso, mas eu preciso de algo para me lembrar de você. Algo para que eu olhe, aonde estiver, e me lembre de todas as sensações que só você me causou. Porque se com o tempo toda essa ligação se perder, eu terei algo para fazê-la renovar e assim ter esperanças de que um dia, depois dessa viagem, você estará a me esperar.
 
Desde que eu resolvi fazer essa nova viagem, ajustar minhas velas e mudar minha direção eu soube que não seria fácil estar sem você. Eu não queria passar toda a minha viagem triste, então resolvi que não iria pensar em nós até estar preparada. Tentei de todas as maneiras achar uma saída para nossas lembranças,  não pensar em você e até prometi a mim mesma que iria te esquecer. Mas quer saber? Que se dane! Promessas são quebradas o tempo todo.
 
Eu só gostaria que você soubesse que eu não te esqueci, assim como havia te contado da última vez em que nos falamos. Que eu lutei contra esse sentimento e que desejei não ter te conhecido algumas vezes. Sabe aquelas em que a saudade surgia e parecia não ir embora mais? Então. Foi difícil voltar a realidade depois de curtir aquela gostosa viagem. E perceber que para mim, foi muito maior que para você.E se você não entender o porquê disso tudo, não tem problema. Apenas desapareça. Suma por aí e não me procure mais. Apenas me faça ver que tudo não se passou de uma ilusão e que nada disso foi real. Pelo menos para você.”
-VP
 
“Tem sorte quem ama, ou quem amou um dia, que por conta disso nunca mais terá um coração vazio.”
 

Reencontro

Publicado: 22 de novembro de 2012 em Cartas, Considerações finais, Contos, Dedicatória, Paixão, Textos, Você

E quando ela o abraçou e sentiu o calor que vinha do seu corpo teve certeza que ainda o amava além de seus limites. Aquele abraço, o último abraço, foi o mais amável, o mais sincero. Foi um abraço sem palavras, apenas as lágrimas se permitiram rolar.

Eles se olharam fundo nos olhos e nada disseram. Novamente um abraço os envolveu. Os corações batendo forte sabiam o quão era doída essa despedida, sabiam o quão esse amor, ainda vivo, foi profundo e intenso em suas vidas.
Finalmente o longo abraço se desfez, os lábios tocaram-se carinhosamente em um breve, mas infinito, espaço de tempo. Da boca, ainda com o gosto das lágrimas, palavras tentaram sair, mas novamente as cordas vocais falharam.
Do portão ela viu ir embora o homem que mais amou, aquele a quem entregou sua vida e seus sonhos, aquele que a fez feliz por muito tempo. Com o coração em pedaços, respirou fundo e disse:
– Fomos felizes!Que o tempo que traz os desencantos seja o mesmo tempo que cura as feridas!
— VP

Publicado: 21 de novembro de 2012 em Considerações finais, Frases, Reflexões

 

 

 

 

Aprendi que eu devo primeiramente me importar com o que sinto, o resto eu vejo depois.

— VP

Olhar pra trás e sentir saudade é ter a certeza que a maioria das coisas que fizemos, valeram a pena.

— VP

Dizem que a felicidade não pode ser encontrada duas vezes no mesmo lugar, eu discordo totalmente.

— VP

“As promessas, as palavras, os gestos e ações passam, mudam, são esquecidos. Os sentimentos, também. A diferença está na realidade e força de cada um. Se prometer, cumpra. Se fizer, assuma. Se sentir, divulgue ao mundo. Não tenha medo de represálias, apenas de pensar que poderia ser diferente, melhor.”

— VP

Deixei

Publicado: 9 de novembro de 2012 em Cartas, Considerações finais, Sentimentos, Textos

 

 

“Chega um momento que o desapego é mais do que um bom pedido, é uma necessidade.”
Deixei ir embora todos os pensamentos que não influenciavam uma boa convivência comigo mesma. Deixei partir todas as dores que já senti, mas infelizmente as cicatrizes sempre me acompanharão. Deixei de lado todas as pessoas que não se importam comigo e passei a caminhar lado a lado com aquelas que precisam de mim e daquelas que eu preciso.
Baixei o som, deixei de escutar algumas músicas, rasguei algumas cartas e fiz uma limpeza no velho baú das recordações. Eu sei que alguns momentos estão arquivados no meu pensamento e que por mais que eu tente, eles não se sairão de lá. Mas, achei necessidade tentar pelo menos deixar partir tudo aquilo que não me faz bem aos olhos.
Deixei as mágoas se transformarem em afeto e comecei a cuidar mais de mim. Deixei de acreditar no que os outros viram e comecei a acreditar só nos fatos reais. Deixei que a saudade ficasse, por um bom tempo, ou quem sabe pra sempre.
Conheci novas pessoas, preservei algumas amizades e descartei aquelas que não me proporcionaram orgulho e confiança. Por mais que as pessoas tentam, às vezes elas acabam errando querendo acertar e por isso não excluí ninguém da minha vida, apenas me afastei.
Deixei pra trás uma boa história, digna de ser lida e acabei de começar uma nova. Deixei bem claro que eu quero paz. Paz no meu pensamento, no meu coração, no meu caminho. Deixei escrito em letras legíveis em um lugar especial: “Eu me desapego na mesma velocidade que me apego. O fato de ser rápido ou não, depende da pessoa, do momento, de mim.”
Algumas pessoas ainda enrugam a testa querendo me entender, algumas já conseguiram, outras desistiram. Sei que sou um ser um tanto difícil de ser compreendido. Mas acreditem, acordo todo o dia disposta a entender a mim mesma e até hoje não cheguei a uma conclusão.
Deixei o ontem ir, se ele deixasse algumas lembranças.
Deixei o hoje chegar, se ele me garantisse que seria diferente.
Deixei o amanhã no lugar que está, pois não sei se o encontrarei.

 

Medo do tempo

Publicado: 9 de novembro de 2012 em Considerações finais, Sentimentos

Tenho medo do tempo, do que ele me trás, e do que ele me leva. Mas principalmente do que ele se torna em minha vida, e claro, com o que o tempo faz com aquelas pessoas que tanto gosto. Meu coração vai ficando tão apertadinho, que até sinto doer-me por dentro. O problema não é guardar as coisas, deletar, e sim, esquecer de voltar a usar, e ser como antes. Um até logo é bom, mas nem sempre ajuda, às vezes atrapalha. Dizem que; Quando deixamos de lado algo que nos ajudou, nos inspirou, mesmo que a gente tenha se modificado ao longo do caminho, deixando de sentir o que sentíamos, ficamos ainda mais perdidos, e sem referencias do que tínhamos antes. Tá, entendo! sentir-se vazio por entro, sem saber o que fazer, como fazer, é complicado. Vem a vontade desmedida de alçar voou, e de querer se jogar na vida, como quem sonha que em uma curva  encontre algo que seja capaz de mudar nossa realidade. Vamos, vamos! arrumar “as malas de nossa vida” por o pé na “estrada dos sonhos” deixar “o peso do passado” esquecer o que deixamos para trás, e vamos procurar “AQUILO” QUE NOS MUDE. Que nos faça parar de questionar o que está acontecendo conosco, o por que de estarmos nos sentindo assim, pararmos de ter medo do que nos tornamos e tentarmos mudar isso. Vamos abrir as janelas, sacudir as poeiras, varrer essa agonia que invade e nos deixa de braços amarrados. O melhor caminho que existe, está dentro de nós, feche os olhos, que verás, o caminho sempre esteve dentro de nós, nós que complicamos ele. E, desta vez, que tal tomar um café sem açúcar, só para acordarmos um pouco mais.

Eu queria que você soubesse que meus sonhos são todos com você, que o dia todo penso em você, que eu quero você a toda hora, todos os minutos e a cada milésimo de segundo. Eu queria que você soubesse que você é a pessoa mais especial pra mim, e o mais importante, queria que você soubesse que eu te amo . Posso? Sem pedir nada em troca. Não quero nenhuma prova! Só queria que soubesse.

Eu te amo desde que te conheci, mas não me permiti sentir isso verdadeiramente. Eu tava sempre um passo a frente, tomando decisões pra me livrar do medo. Só que hoje, pelo que aprendi com a vida, cada escolha foi feita, cada ação teve sua consequência, cada ação teve uma reação, e a minha vida mudou completamente. Eu aprendi que quando se faz isso vive-se inteiramente, e que não importa se você tem 5 minutos ou 50 anos. Se não fosse por hoje ou por você, eu nunca conheceria o amor. Então obrigado por ser a pessoa que me ensinou a amar.

“Você o ama?

Muito!

O quanto?

O suficiente para deixá-lo ser feliz com outra.”

quero que você saiba que sempre será parte de mim. E não importa o que o futuro traga, você sempre será meu amor verdadeiro, e sei que minha vida é melhor por causa disso.