Arquivo da categoria ‘Poemas’

http://youtu.be/OR1_dmqAoGY

Se Eu Pudesse Estar Onde Você Está

Onde você esta nesse momento?
Somente nos meus sonhos
Você esta perdido, mas esta sempre
em cada batida do meu coração
(…)
Existe uma maneira que eu possa encontrá-lo?
Existe um sinal que eu deveria saber?
Existe uma rua que eu possa seguir
para trazer você de volta para casa?

Inverno está diante de mim
Agora você está tão longe
Na escuridão dos meus sonhos
Sua luz permanecerá
(…)

-VP

Não sinta apenas saudades…

Publicado: 15 de dezembro de 2012 em Frases, Paixão, Poemas, Sentimentos, Você

Para ler ouvindo:

GRUPO REVELAÇÃO – SAUDADE DO AMOR

Não sinta apenas saudades… Sinta minha voz sussurrando palavras de amor ao pé do seu ouvido.

Sinta minhas mãos acariciando e beijando a sua face. Sinta o cheiro do meu perfume floral e cítrico.

Sinta as nossas lágrimas que teimavam em rolar enquanto faziamos amor.

Sinta nossos corpos gemendo de amor enquanto éramos um.

Sinta meu corpo ardendo no seu, como nunca antes. Se é que isso é possível…

Sinta você, sinta eu, sinta você dentro de mim.

NÃO SINTA APENAS SAUDADES, QUANDO VOCÊ PODE SENTIR MAIS !!!

-VP

“Nunca estamos longe, quando estamos no coração de alguém.”

O+Teatro+Mgico+otm5

“O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente”

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minha alma daquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto… depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minha alma d’aquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto… depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia o verbo a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto… depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar..”

O Teatro Mágico

Surreal

Publicado: 23 de novembro de 2012 em Poemas

Você!
Apenas um você!
Que não sai mais da minha cabeça
Lembro de coisas
Que podem jamais acontecer
Não deixo de sonhar ao seu lado
Bobagem, eu sei!
Mas sorriso bobo é o que melhor sei fazer
Me perder no seu já virou rotina
Pensamentos iguais
Palavras fatais
Você já me tem sem saber
Como queria entender
Seu silencio subjetivo
Segredos que não sei dizer
Medo, desejo, ilusão
E sinto meu lábio pressionado
Pela mordida de vontade sem pensar
Prefiro não dizer
Frio incontrolável sem seu abraço
Ironia absurda
Não consigo não desejar
E que fazer para me controlar
Se sequer quero parar
Loucura falar de você
Simplesmente o melhor assunto
Estranho tentar esconder
Coisa que nem sei dizer
Amor? Talvez desejo? loucura?

Não sei!

esperança surreal.